05 outubro 2005

Mais alguns passos...

Nos últimos 2 dias , foram veiculadas várias notícias importantes no que se refere ás uniões homossexuais, veja os textos publicados no MIX BRASIL sobre algumas delas:

Na RUSSIA , Denis Gogolev e Mikhail Morozov foram os primeiros gays a contrairem uma espécie de "contrato de casamento" na Rússia. Os dois são um casal famoso na cidade de Nizhny Novgorod, a terceira maior do país. Na presença de um juiz, eles assinaram um documento que permite que seu relacionamento seja reconhecido apenas para assuntos relativos à propriedade. O contrato foi escrito com base no Código Civil da Rússia. Gogolev declarou à imprensa local que a assinatura representa um passo grande para a luta pelos direitos dos homossexuais. Segundo ele, apesar da garantia de liberdade para as pessoas constituirem família ser um direito na Rússia, ele e o parceiro tiveram dificuldades para oficializar a união, devido ao fato do país não reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo. "Eu sempre peço para as pessoas não desistirem de ir atrás da felicidade", declarou.

Em CURITIBA, A casa do casal do brasileiro Tony Reis e do britânico David Harrad está em festa. Pelo menos, foi isso que o Mix percebeu em conversa realizada no fim da tarde desta segunda-feira, 3/10, com o casal que após 14 anos, finalmente conseguiu ter reconhecido o status de relação estável na Justiça brasileira. A decisão da Justiça Federal, fato inédito no Brasil, foi publicada no Diário Oficial da União do dia 22 de setembro e teve como base a resolução 05/03 do Conselho Nacional de Imigração, que reconhece a união estável para pessoas do mesmo sexo no caso dos pedidos de visto de permanência de casais binacionais. Durante a entrevista, Tony comentou os 14 anos de luta e ainda pediu David em casamento, já que em dezembro entra em vigor a lei que permite união civil do mesmo sexo na Inglaterra, país de origem do seu parceiro David

Nos ESTADOS UNIDOS, Gays já podem se casar em Connecticut. O projeto de lei que reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi aprovado em abril, mas entrou em vigor no último sábado, 1/10. No país, Massachusetts reconhece o casamento gay e Vermont, a união civil entre pessoas do mesmo sexo. Esses dois estados foram obrigado pela Justiça a oficializar esse tipo de união. Em Connecticut, a novidade foi a aprovação ter sido feita exclusivamente pelo Legislativo. No estado, há cerca de 7.400 casais formados por pessoas do mesmo sexo, segundo o último censo, de 2000.

Na ESPANHA, O vereador socialista Pedro Zerolo em Madri, casou-se nesse sábado, 1/10, com seu noivo Jesús Santos. A lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo está em vigor na Espanha desde julho. Zerolo é membro do Partido Socialista Operário Espanhol, o mesmo do primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero, que apoiou a aprovação da lei. O vereador declarou para a imprensa internacional que sente-se orgulho de ser espanhol e viver em um país sem discriminação. O casamento aconteceu um dia após o Partido Popular, de oposição ao governo, ter entrado com um recurso no Tribunal Constitucional pedindo que a lei seja considerada inconstitucional

Será que estes fatos sinalizam alguma coisa?