19 dezembro 2005

Cresce o número de crianças criadas por homossexuais

(da Ansa, em Roma)
A Itália está registrando um aumento de crianças que são filhos de homossexuais com mais de 40 anos de idade, segundo um estudo feito pela associação homossexual italiana Arcigay e pelo Instituto Superior de Saúde, que será apresentado nesta sexta-feira em Florença.
De acordo com a pesquisa, 20,5% das lésbicas e 17,7% dos homens gays italianos com mais de 40 anos de idade têm ao menos um filho. A pesquisa é a mais longa produzida na Itália sobre a população homossexual e bissexual e a primeira a abordar o universo feminino.
Foram entrevistadas 6.774 pessoas que se dizem homossexuais ou que tiveram relacionamento recente com uma pessoa do mesmo sexo.
Segundo a Arcigay, há na Itália um chamado "babyboom" entre os casais homossexuais, o que confirma dados análogos registrados em outros países. A taxa diminui se forem consideradas todas as faixas etárias, mas permanece significativa.