12 fevereiro 2006

OSCAR pode ser um momento marcante para a comunidade GLTTB

Com três filmes, que tem como pano de fundo a homossexualidade, concorrendo ao Oscar deste ano, as entidades de direitos humanos do EUA resolveram transformar a festa do Oscar num importante momento de celebração do orgulho gay e de visibilidade pela luta do direitos GLTTB.
A Human Rights Campaign enviou mais de 120.000 emails aos seus membros, estimulando-os a organizar festas em suas casas na noite de entrega do Oscar, da mesma forma que fizeram em 1997 na noite em que Ellen de Generis ia sair do armário na série em que protagonizava.
" Queremos tranformar esta ocasião social em algo mais importante” disse Susan Salkind, presidente do HRC. “Este é sem duvida um ano marcante, pois ao contar nossas histórias os filmes deram oportunidade das pessoas nos verem como somos, além dos estereótipos” declarou Neil Giuliano presidente da GLAAD - Gay and Lesbian Alliance Against Defamation.
A comunidade gay que antes via com reticências o sucesso do filme, achando que seria restrito á comunidade homossexual, percebeu que o filme já é um sucesso entre todas as audiências, a frase do personagem Jack Twist “ Quem dera eu soubesse como deixá-lo” já virou um jargão, repetido por muitos.
Esta é um boa idéia para dar visibilidade á causa GLTB, que tal, no dia 5 de março, nos reunirmos para assistir juntos a entrega do Oscar? Quem sabe os bares e restaurantes GLBT não encampam a idéia!
(clique no titulo deste texto para ler a matéria no Original, publicada no site PLANET OUT)