07 novembro 2007

Filhos de casais de lésbicas terão duas mães reconhecidas legalmente

05/11/2007: Grã-Bretânia) Os casais de lésbicas terão o status legal de pais dos filhos nascidos biologicamente de uma das parceiras por meio de feritlização artificial.

O benefício faz parte da "Norma para Células e Embriões Humanos" que será anunciado nesta semana. A Norma vai mudar pela primeira vez a definição legal de uma família formada por duas mães.

De acordo com a proposta, quando duas mulheres vivem um relacionamento e uma delas dá a luz um bebê por meio de tratamento de feritilização, a companheira dela será tratada como a segunda mãe. A decisão vale inclusive para os casais de lésbicas que não são registrados como união civil.

Dessa forma, o doador do esperma não será mais tratado como pai sendo extinta a possibilidade da criança ter "três pais." A mudança mudará de forma histórica a forma como a família é legalmente definida hoje.

Os homens que têm filhos por meio de mães barriga de aluguel não devem esperar que a norma seja concedida para eles também garantem os  especialistas.

da Redação do Toda Forma de Amor com informações do Web India 123
 
Fonte: AthosGLS